A+ A-

Notícias

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Zayed de Sustentabilidade: Escola do SESI é um dos 30 finalistas em premiação internacional

Prêmio Zayed de Sustentabilidade vai anunciar em janeiro os 10 melhores projetos de inovação sustentáveis desenvolvidos por estudantes do ensino médio

 

plast640.JPG

Bioplástico desenvolvido no laboratório da escola Foto: Lúcio Távora/Coperphoto/Sistema FIEB

A Escola SESI Djalma Pessoa, de Salvador, é uma das 30 finalistas do Prêmio Zayed de Sustentabilidade, que vai premiar os 10 melhores projetos de inovação sustentáveis, desenvolvidos por estudantes do ensino médio. A Escola SESI Bahia é a única instituição do Brasil selecionada para a premiação, escolhida entre os três melhores projetos de cada continente, que terá também representantes da Colômbia e do México. A proposta da premiação é reconhecer tecnologias e soluções pioneiras que podem mudar o mundo, alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas 2030.

O anúncio dos finalistas ocorreu nesta segunda-feira, 7/10, após a reunião do Júri do Prêmio, composto por 12 membros, que inclui ex-chefes de estado do México e da Islândia, o ex-primeiro ministro da República da Coréia, ministros e representantes dos Emirados Árabes Unidos e empresários de renome internacional.

Cada projeto vencedor, nas categorias Saúde, Alimentação, Energia e Água, recebe US$ 600 mil. Já na categoria Global High Schools (Escolas Secundárias Globais), na qual o SESI Bahia está concorrendo, são seis vencedores, representando seis regiões do mundo, e cada projeto receberá até US$ 100 mil para investir no projeto apresentado à premiação.

A proposta do SESI contempla os projetos da linha de pesquisa Linha Verde, desenvolvidos pelo programa de Iniciação Científica da Escola Djalma Pessoa e que já teve diversas iniciativas premiadas em feiras de ciência nacionais e internacionais, a exemplo da telha ecológica, da pesquisa com bioalgas, do bioplástico e do uso da casca de laranja como catalisador para a indústria de fármacos.

bioalFV640.JPG

Cultivo de bioalgas: pesquisa desenvolvida pelos alunos da Escola SESI Djalma Pessoa Foto: Fernando Vivas/Sistema FIEB

A gerente de educação do SESI Bahia, Cléssia Lobo, recebeu com alegria o anúncio da escolha da escola. Ela  explicou que a proposta apresentada ao Prêmio Zayed de Sustentabilidade vai contribuir para “impulsionar ainda mais o trabalho de iniciação científica na escola e tornar o SESI uma referência na formação de estudantes e capacitação de professores nesta área”.

O resultado da premiação será conhecido no dia 13 de janeiro de 2020. A premiação já teve 76 vencedores desde 2008, quando foi criado. Este ano, em seu décimo segundo ciclo anual de premiação, o Prêmio recebeu um recorde de 2.373 inscrições de 129 países.