A+ A-

Notícias

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Bahia e Tailândia se aproximam visando negócios

O embaixador da Tailândia no Brasil, Surasak Suparat, e o vice-governador da Bahia, João Leão, participaram, nesta terça-feira (23), do Encontro Empresarial Bahia – Tailândia, promovido pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), através dos seus Conselho de Comercio Exterior (Comex) e Centro Internacional de Negócios (CIN), em parceria com o Governo da Bahia e a Embaixada da Tailândia no Brasil, e apoio da Feomércio-BA e da Associação Comercial da Bahia.

TAI2.jpg

O vice-governador, João Leão, falou que investimentos irão aumentar na Bahia nas próximas décadas. Fotos: Íris M. Leandro.

O evento teve como objetivo estreitar relações comerciais (importações-exportações) entre empresas baianas e as tailandesas, promovendo também a indústria do turismo de ambas as partes e interações culturais. "A Bahia está se tornando uma potente locomotiva de desenvolvimento no país. Além da segurança jurídica e benefícios fiscais, o estado tem uma infinidade de oportunidades de negócios para investidores internacionais, sobretudo no interior do estado", destacou o vice-governador, que também é titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

 

Leão citou obras de infraestrutura como vetores de investimentos e crescimento econômico para o estado nos próximos anos, a exemplo da ponte Salvador-Itaparica. “Em 30 anos, vamos dobrar a receita do estado em termos atuais”, afirmou.

 

Surasak Suparat também falou sobre as oportunidades para empresários que desejam investir no seu país, especialmente nos segmentos de turismo hospitalar, comida futurística, bioquímicos e biocombustíveis, agricultura, maquinas e defesa nacional. “Estamos abertos ao diálogo e aos negócios”, disse o embaixador.

 

O evento contou com a participação do presidente do Comex, Ângelo de Sá Jr., superintendente executivo da Fecomércio-BA, Jamerson Barreiro, o presidente da ACB, Adary Oliveira, o diretor de Regulação e Certificação de Serviços Turísticos do estado, Divaldo Gonçalves, e empresários baianos.