A+ A-

Notícias

quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

SENAI Bahia vai participar do mundial de profissões técnicas na Rússia

Em dezembro, chegaram ao fim as seletivas que escolhem os melhores alunos do SENAI no Brasil que vão representar o país no WorldSkills 2019, torneio internacional de profissões. Estudantes da Bahia, em três ocupações, tiveram destaque e irão à Kazan, na Rússia, participar da maior competição de educação profissional do mundo, que acontecerá entre 22 e 27 de agosto de 2019.
 
A delegada técnica da equipe baiana, Fernanda Mikulski, ressalta que o momento é especial para a educação profissional do SENAI Bahia. “Essa é a primeira vez que a Bahia irá participar da competição internacional e estamos muito confiantes. Os competidores resolvem desafios da indústria, mobilizando seus conhecimentos, suas habilidades e suas atitudes, desenvolvidas no seu processo de formação e estimulados por docentes, mediadores de sua aprendizagem”, explica.
 
Foram meses de treinamentos, três etapas de disputas - escolares, estaduais e nacional, além de provas eliminatórias no rigoroso processo de seleção a que os atletas do conhecimento são submetidos até a conquista da vaga para participar da disputa. A Bahia levará representantes de três ocupações: Tecnologia de Laboratório Químico, Mecatrônica e Logística Internacional.
 
Durante o processo de preparação, além do treinamento técnico, a equipe contou com preparação comportamental onde, por meio de encontros em grupo e sessões individuais os competidores desenvolveram-se como equipe e de forma individual. “Bem preparados técnica e emocionalmente, a equipe cumpriu sua missão e colocou a Bahia no topo da educação profissional”, acrescenta Fernanda. 
 
A próxima etapa agora é o treinamento junto à equipe de competidores selecionados e todo o Brasil. Em 14 de janeiro de 2019, os competidores embarcam para Brasília e permanecem em preparação até agosto, quando serão realizadas a provas internacionais.
Sobre o Worldskills
 
Organizada pela WorldSkills International – entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas, o torneio reúne competidores de países e regiões da América, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul. Em 2017, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, a delegação do Brasil obteve o segundo lugar geral. A expectativa brasileira é estar entre os melhores times do mundo e repetir o feito obtido em São Paulo, em 2015, quando a equipe foi a campeã. 
 
Equipes:
 
Ocupação: Tecnologia de Laboratório Químico 
Competidora: Daniela dos Santos Carneiro
Avaliador: Daniel Austregesilo Xavier de Oliveira
Treinadoras: Fernanda Pinto e Renata Pinto
 
Ocupação: Mecatrônica
Competidores: Ítalo Carlos Costa Gonçalves e Edmilson Silva Souza Neto 
Avaliador/Treinador: Daniel Lima Amaral
 
Ocupação: Logística Internacional
Competidor: Rafael Cordeiro Moreira Dias
Avaliadora: Lorena Silva Argolo
Treinador: Neidson Santana de Souza