A+ A-

Notícias

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Especialistas da Bahia e Alagoas debatem os novos caminhos na EJA

Foto Valter Andrade/Coperphoto/Sistema FIEB
 
Cléssia Lobo, gerente de Educação na abertura do evento, em Salvador Foto: Valter Andrade/Coperphoto/Sistema FIEB
 
Escola SESI Reitor Miguel Calmon, no bairro do Retiro, em Salvador, sediou oficinas e encontros 
 
A Gerência de Educação do SESI Bahia realizou esta semana o II Encontro de Tutores da EJA do SESI Bahia e Alagoas. Com o tema Design Thinking para a Educação de Jovens e Adultos, o evento buscou estimular nos participantes uma cultura de inovação baseada no ser humano e focada na empatia. 
 
O encontro reuniu a equipe docente dos 11 polos de EJA a distância do SESI Bahia e proporcionou a troca de conhecimentos e de experiências. “Trata-se de um momento de formação e compartilhamento de experiências entre a equipe”, disse a gerente de EJA da Rede SESI, Gisele Freitas, que também destacou o primeiro ano de participação da equipe de Alagoas no evento. Ao todo, participaram 62 tutores da EJA dos dois estados. 
 
A gerente de Educação do SESI Bahia, Cléssia Lobo explica que a Bahia passou a responder pela gestão da EJA do SESI Alagoas, parceria firmada no mês de setembro entre os Departamentos Regionais Bahia e Alagoas. A parceria prevê a gestão, formação docente e implantação da Educação de Jovens e Adultos a Distância e Reconhecimento de Saberes no Departamento Regional Alagoas, experiência inédita entre os Departamentos Regionais do SESI relacionada à EJA. Atualmente o SESI Bahia tem 7.813 pessoas matriculadas na educação de jovens e adultos a distância.
 
 
ENCONTRO DE ALFABETIZAÇÃO
O II Encontro de Tutores integrou também a programação do V Encontro Internacional de Alfabetização de Educação de Adultos, iniciativa da Universidade do Estado da Bahia, que teve o SESI como parceiro. O V Encontro Internacional de Alfabetização foi aberto na segunda-feira, 22.10, e prosseguiu até o dia 24, com cerca de 500 participantes. A Escola SESI Reitor Miguel Calmon sediou as oficinas do evento, durante o qual a EJA do SESI apresentou 33 trabalhos científicos retratando as experiências da Bahia e de Alagoas na Educação de Jovens e Adultos.