A+ A-

Notícias

terça-feira, 13 de março de 2018

Portal Quinta do Crédito aproxima empreendedores de instituições financeiras

Lançamento será na Casa do Comércio e o objetivo é também levar conteúdo em diversos formatos para os empresários

 

Será lançado nesta quinta-feira, 15.03, o portal Quinta do Crédito, iniciativa que tem por objetivo principal aproximar os empreendedores dos serviços de instituições financeiras. Além disso, o portal levará informações que auxiliarão o empresário a gerenciar melhor os recursos do negócio, bem como apresentar alternativas de captação de recursos.

 

Trata-se de uma parceria entre Sebrae, FIEB, Fecomercio-BA, Faeb e instituições financeiras que disponibilizarão, todas as quintas-feiras, conteúdos em diversos formatos. O lançamento acontece a partir das 9h, na Casa do Comércio, em Salvador.

 

De acordo com o analista da Unidade de Gestão de Portfólio do Sebrae Bahia, Diógenes Silva, a ideia é que os empreendedores possam obter orientações para ter acesso a crédito. “O portal é direcionado para o empresário que tem poucotempo para pesquisar e muito interesse em aperfeiçoar a sua relação com o sistema financeiro, manter as finanças do negócio em ordem e conhecer as alternativas de captação de r ecursos financeiros”.

 

Os conteúdos disponibilizados estarão em formatos como vídeos, webnários, entrevistas e artigos. “O acesso a esses conteúdos é gratuito e o material ficará disponível no portal”. Serão sempre abordados assuntos dentro de quatro temas: acesso a crédito e serviços financeiros, reestruturação financeira, meios eletrônicos de pagamento e fontes alternativas de recursos.

 

Oficinas

Outra área importante do portal destacada por Diógenes é a de Oficina de Crédito. “O acesso à oficina é feito por meio de cadastro no portal e permitirá ao empreendedor assistir a três módulos de capacitação e a apresentação da instituição financeira de sua preferência”. Ainda segundo o analista, o empresário pode, posteriormente, enviar um formulário para solicitar o contato de uma instituição financeira parceira. “Assistindo a oficina, o empresário estará muito mais preparado para a negociação”, conclui Diógenes.

 

Informações Sebrae/Carlos Baumgarten