A+ A-

Notícias

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Projeto de Ensino Médio Profissionalizante a Distância é lançado

Bahia, Pará e Santa Catarina estão sediando projeto piloto que busca elevar a escolaridadee dar qualificação a jovens e adultos

 

Aula inaugural do EJA/EAD Profissionalizante Foto: Marcelo Gandra/Coperphoto/Sistema FIEB

Com uma proposta pedagógica inédita no país, foi instalada a primeira turma do projeto piloto EJA/EAD Profissionalizante (Educação de Jovens e Adultos a Distância - Profissionalizante), resultado de uma parceria que envolve duas instituições referência em educação na Bahia: o Serviço Social da Indústria (SESI) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).


A aula inaugural do curso, que terá duração de um ano, ocorreu nesta quinta-feira, 12.1, no SESI Retiro. O objetivo é promover a elevação da escolaridade de jovens e adultos, oferecendo, ainda, a oportunidade de aquisição de uma formação técnica em elétrica, hidráulica e reparação de microcomputadores.
O diferencial deste curso é que tanto a formação básica como a profissional serão ministradas a distância, com um encontro presencial por semana no SESI e no SENAI. As aulas começam no início de fevereiro no SESI e em abril no SENAI. Os estudantes, no entanto, começaram a ser acompanhados desde novembro, quando se iniciou o processo de reconhecimento de saberes, que tem por objetivo identificar as competências já adquiridas pelo estudante para encaminhamento do programa curricular, visando à diplomação no ensino médio.


Participaram da solenidade de abertura o superintendente do SESI Bahia, Armando Neto, a gerente de Educação profissional do SENAI Bahia, Patricia Evangelista, representando a superintendência da entidade, e a gerente de Educação do SESI Bahia, Cléssia Lobo.


Armando Neto destacou que a expertise do SESI Bahia na educação de jovens e adultos habilitou a entidade regional para ser uma das três unidades da federação, além do Pará e de Santa Catarina, escolhidas para sediar o projeto de EJA Profissional. “O SESI oferece o EJA/EaD desde 2013 com resultados positivos nesta modalidade de ensino e isso contribuiu para que o Departamento Nacional do SESI escolhesse a Bahia.

Patrícia Evangelista destacou os aspectos positivos de mais uma parceria com o SESI, desta vez articulando qualificação profissional com educação de jovens e adultos para o ensino médio. Ela ressaltou que em 2016 o SENAI passou a oferecer qualificação técnica a distância com sucesso, registrando uma procura muito grande, com 800 alunos matriculados.  “O SENAI se coloca como uma oportunidade para vocês de dar continuidade ao processo de formação técnica com os cursos presenciais e a distância que são oferecidos pela instituição”, destacou.